Skip navigation

Monthly Archives: Dezembro 2009

Il giorno può morire e poi risorgere,
ma quando muore il nostro breve giorno,
una notte infinita dormiremo.

ou no original:

Soles occidere et redire possunt:
nobis cum semel occidit brevis lux,
nox est perpetua una dormienda.

Catulo, Carmina V

 

Foto: Paulo Nozolino, Far Cry

Anúncios

Creio que neste texto o autor revela uma enorme vontade de comunicar com o leitor, mas através de um encadeado de acções parece algo vago. Como se não o quisesse fazer de forma normal, como tivesse algo de tão importante a dizer que tem receio de o dizer.

 

Comentário de uma aluna cinco minutos depois de ler pela primeira vez António Lobo Antunes. Ainda há esperança.